Cabo Delgado: Solidariedade interna faz chegar donativos aos deslocados

//Cabo Delgado: Solidariedade interna faz chegar donativos aos deslocados

A província de Cabo Delgado recebeu 10 contentores com mais de 156 toneladas de bens não perecíveis para a população afectada pelos ataques terroristas.

A entrega foi efectuada na terça-feira, no Porto de Pemba, pela vice-ministra dos Transportes e Comunicações, Manuela Joaquim Rebelo, no culminar do movimento de solidariedade “Todos Juntos Enchemos um Navio de Esperança”.

Os donativos foram arrecadados no âmbito de uma iniciativa do Ministério dos Transportes e Comunicações,em parceria com diversas instituições do sector, com o objectivo de facilitar a manifestação de solidariedade e prestação de apoio aos concidadãos vítimas de ataques terroristas em Cabo Delgado.

O movimento conseguiu arrecadar, em 26 dias, mais de 156 toneladas de bens alimentares não perecíveis, produtos de higiene e limpeza, artigos para bebés, utensílios diversos, entre outros bens arrecadados durante 26 dias, período em que durou a campanha.

Intervindo na cerimónia de entrega dos donativos, a presidente do Instituto Nacional de Redução do Risco de Desastres (INGD), Luísa Meque, apreciou o gesto, certificando que o mesmo será de grande impacto para a minimização do sofrimento das populações assoladas, assegurando que a distribuição dos donativos será feita com maior brevidade.

Por sua vez, Armindo Ngunga, secretário de Estado na província, agradeceu a solidariedade demonstrada nesta união de esforços dos moçambicanos em prol da população de Cabo Delgado,que enfrenta sérios desafios face à situação de terrorismo vivido naquele ponto do país.

A cerimónia de entrega dosdonativos culminou com a distribuição de kits à população da aldeia de Ngalane, no distrito de Metuge.

By | 2021-01-14T17:13:23+02:00 Janeiro 14th, 2021|Sociedade|0 comentários

Deixe o seu comentário